Como a vdeo vigilncia urbana pode ajudar as cidades a serem mais seguras? - NetSeg

Como a vídeo vigilância urbana pode ajudar as cidades a serem mais seguras?

Monitoramento | 2020-05-05

Por: Andrei Junqueira, Channel Business Manager da Milestone Systems para o Brasil.

Nos últimos tempos, o ambiente político na América Latina motivou grandes cidades e municípios da região a focarem em um tema: a vídeo vigilância urbana.

A proteção de pessoas, edificações, sistemas de transporte público e qualquer infraestrutura em geral, é uma prioridade para governos e respectivas instituições de segurança pública nos dias de hoje.

Considerando o enunciado anterior, vale a pergunta: qual a função dos sistemas inteligentes de vídeo, nos programas de segurança urbana? Para enfrentar os desafios listados acima, os sistemas inteligentes de vídeo vigilância vêm desempenhando um papel fundamental, ajudando as cidades a atender esta demanda de forma proativa, com maior eficiência e eficácia.

Conheça o caso de sucesso, de vídeo vigilância urbana no município de Vicente López na Argentina.

Que características deve ter um sistema de vídeo vigilância urbana?

Dentre os requisitos primordiais, vale ressaltar que os sistemas deverão ser flexíveis, escaláveis e baseados em uma plataforma aberta para garantir a proteção contra roubo, vandalismo e demais formas de delinquência.

Além disso, a cidade precisará dispor de uma ampla cobertura de câmeras e de um VMS (software de gerenciamento de vídeo) confiável, que possibilite que essa proteção seja efetiva, tanto para bens quanto para pessoas.

Esses elementos, compõem o sistema, que também deverá ser de fácil utilização, tendo em vista minimizar-se ao máximo, as necessidades de capacitação de equipes.

Consideremos adicionalmente o potencial dos analíticos, que são estratégicos para o sucesso de um projeto de vídeo vigilância urbana. Os operadores vêm enfrentando dificuldades para gerenciar o crescente fluxo de vídeos recebidos. As ferramentas de análises de vídeo aliviam as equipes desta tarefa e possibilitam que executem outras funções, até que recebam a notificação de um incidente que requeira de fato a sua visualização.

Por meio dessas ferramentas, é possível configurar funções ou regras automáticas para o envio de alertas em caso de detecção de atividades incomuns ou suspeitas.

Ao instalar ou implementar a transição para um sistema de vídeo vigilância IP em plataforma aberta, as cidades podem aprimorar significativamente a eficácia de seu monitoramento, aumentando, consequentemente, a segurança e dispondo de uma melhor visão geral de suas operações.

Por que é importante dispor de uma plataforma aberta?

Com base nos protocolos de rede TCP/IP, a municipalidade pode projetar seu sistema de vídeo vigilância IP utilizando equipamentos de vídeo e computadores padrão.

Um VMS em plataforma aberta, habilita o acesso a uma plataforma flexível, compatível com uma ampla gama de fabricantes de câmeras de vídeo e servidores. Além disso, a integração com outros sistemas por meio de APIs (interfaces de programação de aplicações), possibilita que os dados sejam compartilhados com outras aplicações, dispositivos e componentes, viabilizando assim, uma solução eficiente e unificada.

Os sistemas em plataforma aberta, podem ser escaláveis de acordo com a necessidade do cliente, entre uma ou milhares de câmeras, dessa forma as instalações podem ser implementadas em diferentes etapas. Os codificadores de vídeo possibilitam a incorporação de câmeras analógicas, disponíveis previamente, constituindo um sistema híbrido que preserva o investimento já realizado no sistema de segurança.

Quase sempre torna-se mais econômico optar pela implementação de um sistema de vídeo vigilância IP híbrido e substituir gradualmente os equipamentos analógicos existentes, devido à superioridade em funcionalidades das câmeras IP e demais componentes, ao invés de substituir integralmente, de imediato, um sistema analógico já instalado pela tecnologia digital mais atual.

Da mesma forma, ao dispor de um VMS escalável, a cidade pode agregar ou remover facilmente câmeras e recursos de terceiros, sem que isto interfira na plataforma do software principal. Aliás, a interface permanece consolidada para que as autoridades locais possam alocar a execução de diferentes funções do software de gerenciamento aos diferentes departamentos, e ainda assim, compartilhar informações com facilidade em suas redes.

As redes IP permitem utilizar infraestruturas já existentes, como servidores, comutadores e cabeamento.

Otimização de recursos

Ao associar o software, com as ferramentas de análises de vídeo e com as câmeras IP com recursos PTZ e HD, é possível monitorar áreas mais amplas com menos operadores, tornando essa, uma solução excelente para áreas metropolitanas.

O vídeo IP centraliza as operações de vigilância, mesmo com milhares de câmeras e várias localidades.

Com os sistemas de vídeo vigilância IP, as municipalidades se beneficiam também das soluções de armazenamento em rede, que proporcionam maior adequação aos seus processos e orçamentos. Progressivamente, com a introdução no mercado de novos produtos ou tecnologias, os técnicos podem agregá-los ou migrá-los, independentemente da marca do sistema de armazenamento anterior.

O vídeo e seus benefícios

Entre outras inúmeras vantagens, as câmeras conectadas ao VMS, proporcionam imagens mais nítidas aos agentes de segurança, possibilitando a adoção de ações rápidas e adequadas, evitando-se, assim, que as situações evoluam negativamente.

Ademais, o vídeo de alta qualidade também é útil para o reconhecimento situacional, o que possibilita às autoridades encaminhar as demandas adequadamente, como por exemplo, enviar uma ambulância, uma viatura com forças especiais ou um caminhão do corpo de bombeiros, de acordo com a necessidade. 

Após um incidente, o sistema de vídeo adequado auxilia as autoridades a identificar imediatamente os fatos, por meio de uma análise investigativa. Possibilita a tomada de medidas apropriadas e o compartilhamento de evidências para solucionar a questão, ou ainda, implementar alterações necessárias para evitar que incidentes de natureza semelhante ocorram novamente no futuro.

Outro aspecto importante é determinar responsabilidades, em situações envolvendo por exemplo, um cidadão com ferimentos. Nesses casos, o vídeo trará a resposta que identificará assertivamente o responsável pela ocorrência.

Independentemente da situação política ou social, a delinquência e outras ameaças à segurança e infraestrutura públicas, podem se tornar constantes em áreas urbanas. Contudo, a tecnologia está possibilitando a evolução, de forma extraordinária, das funcionalidades e do valor da vídeo vigilância, ajudando a minimizar riscos e fazendo com que as pessoas e as comunidades onde vivemos e trabalhamos, tornem-se muito mais seguras.